Olá, amigos,

No post dessa semana, falarei sobre a profissão do AAI-Agente Autônomo de Investimentos ou simplesmente Assessor de Investimentos.

Muitos profissionais que poderiam ter carreira de sucesso ainda estão presos aos velhos conceitos envolvendo os “Bancões” e o regime de contratação CLT. Temos vivido, nessa década, uma verdadeira revolução no segmento financeiro. Os grandes bancos fazem aquisições, as opções aos profissionais e clientes são reduzidas, mas temos na outra ponta o surgimento de inúmeros players e modelos de negócio, tendo nas corretoras talvez o mais significativo deles.

O brasileiro passa a ser crítico e buscar cada vez mais atuações consultivas por conta das empresas e também produtos que atendam suas reais expectativas.

Muitos profissionais também deixam de ver nos grandes bancos saída para suas ambições pessoais, uma vez que cargos como os de gerente de relacionamento são baseados puramente em vendas.

Por qual motivo você não considera então unir o útil ao agradável?

Muitos profissionais encontram o propósito e a felicidade ao poderem trabalhar com liberdade e fazendo o melhor pelo cliente, de forma prática e transparente. Ser um AAI é ser empreendedor, é encarar de frente esta grande possibilidade gerada pela mudança cultural, de cenário econômico e que acompanha uma tendência mundial: que pessoas e empresas queiram “médicos” especialistas e não mais generalistas para cuida de sua saúde financeira.

Qual o primeiro passo? A certificação ANCORD AAI é o start, mas certificações como ANBIMA CPA 20 e CEA, CFP e até mesmo o PQO da BM&F Bovespa darão corpo ao profissional, permitindo que o atendimento seja cada vez mais assertivo e alinhado à realidade do cliente.

Construir uma carteira de clientes é algo complexo, mas que deve ser considerado como plenamente possível. Desde ciclo de amigos, ambientes onde convive até mesmo pensando em indicações desta rede de pessoas, tudo pode ser analisado como possibilidade do primeiro passo. Naturalmente, há muitas indicações de clientes pois a química é infalível: atendimento próximo e consultivo + resultados visíveis= satisfação. Isso é natural na vida de um AAI.

É fácil? Não é. É possível? Plenamente.

Não se apegue à questão de salário e benefícios, pois os ganhos podem ser maiores do que em bancos (muito maiores, por sinal) e em bancos o que garantirá sua permanência é o resultado. Não existe nada na mão.

Em um mundo onde cada vez mais a tecnologia ganha espaço contra a atuação profissional mecânica e que não promove valor ao cliente, vale considerar que a função do AAI vai ao encontro das expectativas do consumidor moderno.

Prepare-se aqui no Mundo Financeiro, use e abuse das interações com profissionais em redes como o Linkedin e esteja aberto as inúmeras oportunidades que o segmento trará nos próximos tempos.

Mude a forma de pensar, o mercado pode não estar tão pior do que imagina, ele pode apenas ter se transformado.

O que é ser um AAI?

Ser um Agente Autônomo de Investimentos ou Assessor de Investimentos:
É ser empreendedor;
É ser comprometido com a satisfação real do cliente;
É atuar com os produtos de investimentos mais interessantes e poder atuar com liberdade e de acordo com seus valores e propósito;
É fazer parte da vida das pessoas de uma maneira leve e valorosa;
É converter rede de contatos em negócios;
É libertar-se dos bancos e entender que o segmento financeiro é gigante;
É mudar a cultura da educação financeira no país;
É planejar com o cliente as suas maiores conquistas;

Cada vez mais nos preparamos para ajudar as pessoas a enxergarem a nova configuração do mercado financeiro.

#VocêAAI

Abraços e até a próxima semana!
Ronaldo.

Ronaldo Cerqueira

Consultor de Carreiras Especialista em Mercado Financeiro | Uma Vida dedicada aos Bancos | Paixão por Finanças e Pessoas
www.ronaldocerqueira.com

Ver todos os posts

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *