Hoje, 25/1, a nossa querida cidade de São Paulo comemora mais um ano. São 476 anos de existência!

Além de parabenizar, queremos trazer 4 curiosidades relacionadas ao mercado financeiro, à economia e à cidade de São Paulo. Bora lá?

 

1. A maior Bolsa de Valores da América Latina

A sede da maior bolsa da América Latina, a B3, a antiga Bovespa, está na cidade de São Paulo. Ela fica muito próxima ao marco zero da cidade, na região do centro.

Atualmente é a única Bolsa de Valores no Brasil, reunindo mais de 3,2 milhões de investidores. de acordo com dados do site oficial divulgados em 2020.

Responsável por um volume médio de negociações superior a R$ 25 bilhões de reais diários em 2020, a B3 tem vivenciado nos últimos anos um enorme crescimento do número de investidores e de empresas interessadas em abrir seu capital.

Somente no ano de 2020, o número de CPFs cadastrados na B3 subiu 92,1%, passando de 1.681.033 em dezembro de 2019 para 3.229.318 no mesmo mês do ano passado.

Além disso, outro dado interessante é que quase metade (47,83%) desses investidores se encontram no estado de São Paulo. Clique aqui para conferir o relatório na íntegra.

Um pouco da história da Bolsa de Valores Brasileira!

A Bolsa Livre foi fundada em 1890, mas devido à política de encilhamento, ela encerrou suas atividades em 1891.

Passados alguns anos, em 1895, surge a Bolsa de Fundos Públicos de São Paulo. Em 1935, seu nome mudou para Bolsa Oficial de Valores de São Paulo

Em 1967, ela passou a ser Bovespa.

É válido lembrar que até a década de 70, a principal Bolsa de Valores brasileira se concentrava no Rio de Janeiro. Porém, após o crash ocorrido em 1971, a Bolsa de São Paulo passou a ganhar mais espaço.

Em 2000, as nove bolsas ainda existentes no Brasil assinaram um acordo de unificação fazendo com que todas as negociações de ações se concentrassem na Bovespa. Nesse mesmo ano, a Bolsa do Rio de Janeiro, que na ocasião operava apenas títulos públicos, foi integrada à BM&F, que negociava principalmente commodities.

Em 2008, a Bovespa fundiu-se com à BM&F criando a BM&FBovespa e, posteriormente, em 2017, fundiu-se à CETIP (Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos Privados) dando origem a B3.

B3. A maior Bolsa de Valores da América Latina

Curiosidade!

O ano de 2020 foi marcado por grande volatilidade no mercado em decorrência da pandemia do novo Coronavírus. Na semana do dia 9 de março, o Circuit Breaker (mecanismo que interrompe as negociações da bolsa frente a fortes quedas) foi acionado por 6 vezes, igualando o ano da crise financeira de 2008.

Clique aqui para saber mais sobre esse assunto.

 

2. Cidade de São Paulo: a maior economia do país e uma das maiores do mundo!

Com 10,6% de participação no PIB do país, São Paulo também é frequentemente listada entre as cidades mais ricas do mundo. De acordo com o IBGE (2017), a cidade que produziu praticamente R$ 700 bilhões no mesmo ano. Com isso, somou sozinha o equivalente à produção de 4.305 municípios (ou 77,3% das cidades brasileiras).

Ainda de acordo com os dados divulgados em 2017, se São Paulo fosse um país, vigoraria entre as 40 maiores economias mundiais, estando à frente de países como Portugal e Finlândia.

Além disso, a cidade de São Paulo é atualmente o maior centro comercial e financeiro do país, servindo como cidade sede de grande parte das empresas nacionais e multinacionais no país.

Estrutura Econômica

Nas últimas décadas São Paulo tem passado por uma importante transformação em sua estrutura econômica. Se durante muito tempo a indústria se constituiu como principal setor dentro da economia paulista, nas últimas 3 décadas temos vivenciado uma clara mudança no seu perfil econômico.

A cidade que foi erguida sobre bases industriais tem assumido papel cada vez maior no setor de serviços (terciário), se tornando polo administrativo e de negócios para as empresas do Brasil todo.

 

3. O mercado financeiro e a Avenida Faria Lima

A região da Avenida Faria Lima, que liga o bairro de Pinheiros à Vila Olímpia, considerada por muitos como a “Wall Street brasileira”, é o maior e mais importante centro financeiro de São Paulo e do Brasil.

Ela sedia inúmeras companhias nacionais e multinacionais de diversos setores, com destaque para o financeiro. Diante disso, a região se tornou extremamente valorizada e, de acordo com pesquisas, é a responsável por carregar a maior média salarial da cidade.

Nessa região encontramos as sedes nacionais de alguns dos maiores bancos de investimentos do mundo, além de corretoras, gestoras de recursos, family offices, fintechs e outras startups do mercado financeiro.

E não para por aí!

Além de ser um grande centro financeiro e de negócios é também um grande point gastronômico e de lazer da cidade de São Paulo. A região conta com diversos bares e restaurantes para vários gostos e estilos, além de possuir inúmeras opções para quem gosta do agito noturno.

Mas nem sempre foi assim!

Isso mesmo!

A princípio o centro de São Paulo era onde estava o principal distrito financeiro.

No entanto, após os anos 70, por conta do desenvolvimento de outras regiões, esse cenário mudou, posicionando a região centro-oeste de São Paulo. Inicialmente a região da Av. Paulista ganhou muito destaque e, posteriormente, a região da Avenida Brigadeiro Faria Lima, tendo escoado também para outras avenidas importantes como as avenidas Berrini e Juscelino Kubitschek.

 

Cidade de São Paulo. Avenida Faria Lima

 

4. A cidade mais populosa do Brasil

De acordo com dados do IBGE de 2020, a cidade de São Paulo tem 12,3 milhões de habitantes e sua região metropolitana alcançou recentemente o número de 21,9 milhões de habitantes. 

Além disso, a região metropolitana de São Paulo concentra 39 municípios e é o maior polo de riqueza nacional.

Dessa forma, ambos são considerados, respectivamente, o município e a região metropolitana mais populosos do Brasil.

Onde o Brasil encontra o mundo e onde o mundo encontra o Brasil!

É inegável que São Paulo é conhecida pela grande mistura de seus diferentes povos!

Ao longo da história, a cidade cresceu não somente sob a cultura do povo paulistano, mas principalmente com a mistura de culturas trazidas de milhões de imigrantes de outras partes do Brasil e de mais de 70 países ao redor do mundo!

Aqui encontramos pessoas de todo o Brasil e do mundo. Por isso, é muito fácil conhecer e, até mesmo, mergulhar em outras línguas, culturas e costumes.

Uma cidade tão grande e tão desigual!

No entanto, junto com esse gigantesco número de habitantes, culturas e etnias, está de forma cada vez mais nítida a gritante desigualdade social encarada por grande parte da população. 

E os números não nos deixam mentir. Inclusive, de acordo com o Ipea, São Paulo é a cidade mais desigual no acesso ao emprego.

 

E aí, já sabia de todas essas curiosidades?

Conhece alguma outra que não foi listada? Não deixe de comentar.

 

Artigo produzido pela colaboradora Roberta Rodrigues Rocha.

Mundo Financeiro

Ver todos os posts

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *