Olá, colegas! Nesta semana, falaremos de um tema que é um dos mais importantes para compreendermos a nova configuração do segmento financeiro: o processo de digitalização.

A digitalização trouxe muitos benefícios para o segmento bancário/financeiro. As funções básicas e simples, robóticas e repetitivas, migraram para o digital por meio de aplicativos, internet, chats e etc.

Muitos profissionais do ramo encaram essa migração como algo ruim, achando que perderão seus empregos e serão substituídos por um robô. De fato, você pode ver como uma ameaça, mas o correto é ver a grande oportunidade que esse tipo de evolução tem.

Lembre-se de que não é possível barrar uma evolução. Na história da humanidade, muitas aconteceram naturalmente ou até influenciadas, mas aconteceram. Então, o melhor é embarcar nessa evolução e aproveitar as oportunidades que surgirão.

Quando esse tipo de evolução acontece, abre-se espaço para uma atuação consultiva, empática e que visa construir relacionamentos, e isso um robô não poderá fazer. Quem pode atuar com o relacionamento? É simples, o ser humano. Para que isso aconteça é preciso se capacitar, manter-se bem atualizado no seu segmento e conhecer o mercado como um todo.

Se você não gosta de tecnologia, seria bom repensar a sua carreira, olhar suas aptidões e o que realmente gosta de fazer. Mas lembre-se, praticamente todos os negócios, independentemente do segmento, passarão por essa transformação.

Os profissionais mais capacitados para a função não terão problema em se manter, recolocar ou até mudar de ramo. O mercado busca pessoas que acreditem, de fato, nessa evolução e possam remar junto com a empresa.

Busque um mix de conhecimento + empatia + capacidade/sensibilidade em lidar com gente, deixe a parte digital para quem faz programação ou para o próprio sistema.

Assim, seu lugar ao sol estará garantido.

Vamos em frente!

Ronaldo Cerqueira

Consultor de Carreiras Especialista em Mercado Financeiro | Uma Vida dedicada aos Bancos | Paixão por Finanças e Pessoas
www.ronaldocerqueira.com

Ver todos os posts

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *